Mercado Central de Belo Horizonte

DSC_0233.jpg

Em quase toda cidade grande e antiga há um Mercado Central (público, municipal ou mercadão). Se uma cidade quer preservar sua cultura, sua gastronomia e modo de vida tem que preservar seu mercado central que é ponto de encontro dos moradores, passagem obrigatória para turistas e marco da ocupação da cidade.  O Mercado em Belo Horizonte é um resumo da vida dos belo-horizontinos, charmoso, diversificado, relativamente limpo e iluminado, o Mercado nos proporcionou uma imersão no mundo dos temperos, aromas, sabores e cores de Minas.

O Mercado é de 1929 e fica próximo a Praça Raul Soares, a sua história passa pela ocupação da cidade, desenvolvimento, especulação imobiliária, inovação e sabores é claro. São mais de 400 lojas onde é possível escutar sotaques e idiomas diversos, mas como quase todos mercados que já fomos, banheiro, segurança e higiene não são pontos fortes.

Quando escutamos falar em queijo, lembramos de mineiros não é verdade? E sim, no Mercado tem queijo de todos os tipos, algumas lojas deixam provar antes de comprar. O tradicional mineiro (todos redondos, alguns amarelos outros brancos) são bem bons, o valor varia pouco de uma barraca para outra, mas para evitar ficar carregando peso, primeiro de uma volta no mercado e compare.

Para quem gosta de bebidas, algumas lojas possuem uma variedade de cachaças que não tínhamos visto em nenhum outro lugar, é tanta marca, tantos tipos que dá vontade de beber e comprar muito. (Obs: cuidado ao comprar e voltar para sua cidade, existem restrições para transporte de bebidas em aeronaves). Reserve pelo menos uma manhã inteira de sua viagem para a visita.

Já para os cozinheiros de plantão há um grande número de lojas com temperos, raízes, ervas, frutas secas, peixes e muitos produtos para uma bela culinária. Também tem dois setores interessantes, a primeira de eletrônicos e bugigangas, parecendo uma feira pirata, mas para quem esqueceu e precisa daquele cartucho de memória, pilha recarregável, carregadores de celular, até vale. E um setor de animais vivos, coelhos, pássaros, pintinhos, é barulhento, dá uma dozinha dos bichinhos presos, mas…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s