São Francisco do Sul

A ilha de São Francisco do Sul ou São Chico como é conhecida está localizado no litoral norte de Santa Catarina a 40 km de Joinville e a 147 km de Curitiba. É de colonização açoriana e desde que se tornou um destino popular entre paranaenses e catarinenses é preciso muita paciência para chegar até lá em feriados e alta temporada. Após sair da BR 101 e entrar na 280 vai se formando uma fila e você não saberá quanto tempo ficará parado, em nossa primeira visita até lá fizemos 30km em duas horas.

Começamos nossa visita pelo Centro Histórico, que está relativamente bem preservado, limpo e o planejamento das ruas é bem feito. Os sentidos das ruas vão fazendo com que você contorne todo centro e consiga conhecer tudo. Demos uma volta pelo Mercado Público que está meio abandonado. É ali perto que saem os barcos piratas que dão a volta na Baía de Babitonga. Os passeios são super animados, com a tripulação vestida de piratas, disparando baionetas, música alta e barzinho a bordo

De lá seguimos para o Museu Nacional do Mar, são diversos galpões de uma antiga empresa de navegação. Digamos que não é bem um museu do mar, fala mais sobre embarcações, tem 91 barcos, 150 peças de artesanato naval em 18 salas divididas por temas. Lá tem uma sala dedicada ao navegador Amyr Klink, mas o barco Paratti que foi usado para atravessar o Atlântico está sendo restaurado.

De lá fomos em direção as praias. Primeira parada foi na Praia do Forte. A entrada na área militar do Forte Marechal Luz custa R$ 2,00 por pessoa e permite utilização de banheiros, visitação ao museu, canhões e área da praia. Aproveitamos para almoçar no Restaurante do Forte. É um passeio legal para passar o dia na praia.

A praia de Ubatuba tem água um pouco escura, mas é ótima para quem curte lugares calmos sem muita gente. Foi lá que vimos as casas mais bonitas de São Chico. Já a Prainha é mais badalada pelos jovens, com ondas, surfistas e com calçadão movimentado e alguns bares, mas é difícil achar vaga para estacionar.

A praia de Enseada tem água calma, quase sem ondas, é nesta praia que se concentra  os serviços de lazer na areia, com aluguel de pedalinhos com escorregador, banana boat, stand up padle e caiaques, quadras de vôlei e outras, além de ter quiosques no calçadão. É rua mais movimentada de São Chico com bastante comércio, restaurantes e lanchonetes, pousadas e muitos locais com venda de churros…

Praia Grande, bom como nome diz, é enorme. Percorrendo a estradinha de terra, sentido sul, do lado esquerdo temos restinga pequena faixa de areia e ondas bem fortes. Do lado direito dunas e vegetação, em algum lugar dela tem uma bela lagoa, mas não achamos. São Chico ainda tem outras praias: Praia dos Ingleses, pequenina e bonitinha, Praia do Itaguaçu com algumas ilhas a frente e um farol, Praia do Ervino, bem distante do Centro já na divisa do município, sem estrutura e com água um pouco mais escura. E Praia do Capri a mais “chique” com iates passando, água e areia bem clarinhas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s